Chuchu

De sem graça o chuchu não tem nada. Como o sabor é neutro, o chuchu brilha quando apostamos em temperos e aí vale tudo. Aqui algumas opções para variar o chuchu do dia a dia com criatividade.

Suflê de chuchu

3 chuchus pequenos, cozidos em pedaços e amassados
1 colher de sopa de manteiga
3 ovos
3 colheres de queijo parmesão ralado na na hora.
Sal a gosto

Misture os chuchus amassados com a manteiga, as gemas já batidas, sal e o queijo ralado.
A parte, bata as claras em neve e acrescente, mexendo delicadamente, até incorporar.
Uma dica importante:
O chuchu deve estar morno ao ser misturado às gemas. Muito quente ele poderá cozinha-las.


Chuchu à milanesa

O chuchu à milanesa é um preparo pouco usual, e por isso mesmo surpreendente.
O chuchu deve ser cortado em fatias no sentido do cumprimento e aferventado em água com sal por uns cinco minutos.

Depois de escorrer e secar as fatias com papel toalha ou pano de prato, passe na farinha de trigo; depois no ovo batido e farinha de rosca. Pra ficar bem crocante passe mais uma vez em ovo batido e farinha de rosca. Frite em óleo quente.
Uma variação interessante é colocar queijo ralado no ovo batido.


Picles de chuchu

1 chuchu
½ xícara (chá) de vinagre de arroz
⅓ de xícara (chá) de açúcar mascavo
1 colher (chá) de semente de coentro
1 colher (chá) de semente de mostarda
1 xícara (chá) de água
½ colher (sopa) de sal

Com uma faca esmague as sementes de coentro. Em uma panela, adicione o vinagre, o açúcar, a água, o sal e as especiarias, coloque em fogo baixo até que o açúcar derreta completamente. Desligue e deixe esfriar.

Descasque e corte ao meio o chuchu. Com a ajuda de um descascador de legumes, corte o chuchu em fatias finíssimas. Numa peneira, coloque as fitas de chuchu, misture com o sal e deixe desidratar sobre uma tigela por cerca de 10 minutos.

Após esse tempo, lave o chuchu sob água corrente para retirar o sal. Transfira as fitas para um pote de vidro esterilizado e regue com o líquido. Tampe e leve à geladeira por no mínimo 1 hora – o picles fica ainda melhor no dia seguinte ao preparo e dura até uma semana na geladeira para ser usado em sanduíches ou acompanhar grelados.


Tem gente que não gosta de cereja porque só provou a em conserva e muitas das conservas utilizam chuchu ao invés da fruta. Mas será que tem alguma forma saborosa de fazer doce sem enganação com o legume? A Rita Lobo provou que sim! Confira a receita de COMPOTA DE CHUCHU COM FRUTAS E VINHO.