Brócolis

Do brócolis se aproveita tudo e todas as partes são tão nobres quanto a própria flor, rendendo preparações mil. Confira nossas dicas para usar o talo, a folha e a flor em tantas receitas quantas forem possíveis.

Os diferentes tipos de cozimento fazem com que o brócolis assuma texturas macias, crocantes, um gosto defumado ou adocicado. Experimente:
Braseado – O brócolis fica tostado com gosto de defumado e levemente queimado. Uma delícia para ser usado como acompanhamentos de carnes e peixes.
No vapor – O máximo da crocância de um legume, fresco e super, saboroso. Bom para pratos leves e delicados.
Assado – Se assado o brócolis assume uma textura mais macia e sabores que lembram trufas. Fica uma delícia na pizza! Experimente.

Branqueamento – Experimente colocar o brócolis por 1 minuto em água fervendo, escorrer e dar um choque térmico colocando ele logo em seguida em água gelada. Isso faz com que a cor do brócolis vique de um verde vivo fascinante e não se perca, independente do método escolhido.

Descubra outros métodos e veja o experimento digno de um laboratório culinário feito pela Ella Quittner para descobrir o melhor dos melhores jeitos de cozinhar o legume.


Aproveite para fazer o uso integral desse legume:

Folha – Fica deliciosa em arrozes e rendem bolinhos como os de espinafre.
Talo – O talo é crocante e pode ser usado em farofas ou fritadas.
Flor – As receitas são infinitas, mas uma boa ideia para fazer é processar as flores e cozinhar rapidamente em um pouco de água. A preparação pode substituir o arroz e assumir o lugar do couscous.


Quinoa com brócolis, tofu e shimeji

8 castanhas do Pará trituradas e torradas ligeiramente em uma frigideira
200 gramas de tofu cortado em cubos marinado em uma xícara (chá) de shoyu
Uma bandeja ou 100 gramas de shimeji
Uma xícara (chá) de quinoa branca bem lavada em água corrente e cozida em duas xícaras (chá) de água em fogo baixo ate a água secar. 
Um brócolis cortado em floretes e cozido em água
Um pedaço pequeno de gengibre cortado em lâminas 
Cebolinha 
Duas colheres de óleo de gergelim
Duas colheres de azeite
Refogue o shimeji em duas colheres de azeite e reserve
Salteie no óleo de gergelim o brócolis  e o gengibre

Em uma travessa, misture: a quinoa cozida, o shimeji, o brócolis e o gengibre.  Acrescente os cubos de tofu, jogue o shoyu por cima e finalize com a castanha do Pará e a cebolinha picada.