Comida Fresca em Junho

Você já reparou que a cada edição homenageamos uma fruta, verdura ou legume da estação? Aquilo que tá na época vem ser capa do nosso evento para deixar você morrendo de vontade de comer algo cheio de vitamina, com menos agrotóxicos, super saboroso e ainda com o preço mais em conta! Muita gente, acha que morango dá o ano inteiro; que banana se acha em qualquer esquina; ou até mesmo quer comer taioba quando dá na telha. Nós da Feira Fresca incentivamos que o consumo seja feito no tempo da natureza, com a colheita na época certa. São tantos os benefícios! Por isso, preparamos esse post para você ficar por dentro do que está na estação nesse mês de junho.

Confira a lista de hortifruti sazonal de junho: frutas, legumes e verduras que estão na época:

Verduras e legumes da época:

  • Abóbora japonesa
  • Abóbora paulista
  • Abóbora seca
  • Abobrinha brasileira
  • Agrião
  • Amendoim
  • Batata
  • Batata doce amarela
  • Batata doce rosada
  • Berinjela conserva
  • Berinjela japonesa
  • Canjica
  • Capim cidreira
  • Cará
  • Cebola roxa
  • Cebolete
  • Cenoura
  • Ervilha torta
  • Espinafre
  • Gengibre
  • Inhame
  • Jiló redondo
  • Louro
  • Mandioca
  • Mandioquinha
  • Milho verde
  • Pimentão verde
  • Pinhão
  • Rabanete
  • Salsa

Frutas da época:

  • Abacate Quintal
  • Atemóia
  • Banana maçã
  • Caqui Fuyu e Giombo
  • Carambola
  • Kiwi
  • Laranja Bahia
  • Limão Tahiti
  • Maçã Gala
  • Mangostão
  • Mexerica Rio
  • Morango
  • Quincam
  • Tangerina Ponkan
  • Uva Centenial

Comida Fresca em Maio

Você já reparou que a cada edição homenageamos uma fruta, verdura ou legume da estação? Aquilo que tá na época vem ser capa do nosso evento para deixar você morrendo de vontade de comer algo cheio de vitamina, com menos agrotóxicos, super saboroso e ainda com o preço mais em conta! Muita gente, acha que morango dá o ano inteiro; que banana se acha em qualquer esquina; ou até mesmo quer comer taioba quando dá na telha. Nós da Feira Fresca incentivamos que o consumo seja feito no tempo da natureza, com a colheita na época certa. São tantos os benefícios! Por isso, preparamos esse post para você ficar por dentro do que está na estação nesse mês de maio.

Confira a lista de hortifruti sazonal de maio: frutas, legumes e verduras que estão na época:

 

Verduras e legumes da época:

  • Abóbora japonesa
  • Abóbora paulista
  • Abóbora seca
  • Abobrinha brasileira
  • Agrião
  • Alface americana
  • Alface lisa
  • Batata
  • Batata doce amarela
  • Batata doce rosada
  • Capim cidreira
  • Cará
  • Cebola roxa
  • Cebolete
  • Cenoura
  • Chicória
  • Chuchu
  • Ervilha torta
  • Espinafre
  • Gengibre
  • Inhame
  • Jiló redondo
  • Louro
  • Mandioca
  • Mandioquinha
  • Mostarda
  • Moyashi /Broto de feijão
  • Nabo
  • Pimentão verde
  • Pinhão
  • Rabanete
  • Repolho roxo
  • Repolho verde liso
  • Salsa

Frutas da época:

  • Abacate Quintal / Fortuna
  • Atemóia
  • Banana da terra
  • Banana maçã
  • Banana nanica
  • Caqui Fuyu, Kioto, Giombo, Rama Forte
  • Carambola
  • Figo
  • Kiwi
  • Laranja Bahia
  • Lima da Pérsia
  • Limão Taiti
  • Maçã Gala
  • Mamão Formosa
  • Manga Palmer
  • Mangostão
  • Morango
  • Tangerina cravo
  • Tangerina Pokan

Invista em orgânicos sempre que puder. São melhores para você, seus amados, o meio ambiente e o produtor. Se comprar hortifrutis comuns, lave-os muito bem, e deixe-os de molho por 5-10 minutos em água com algumas gotas de esterilizador ou água sanitária. É muito importante para retirar resíduos químicos, ao menos uma parte grande. O cozimento também ajuda a neutralizar possíveis substâncias tóxicas.”

Fonte: Orgulho Xepa

Comida Fresca em Abril

Você já reparou que a cada edição homenageamos uma fruta, verdura ou legume da estação? Aquilo que tá na época vem ser capa do nosso evento para deixar você morrendo de vontade de comer algo cheio de vitamina, com menos agrotóxicos, super saboroso e ainda com o preço mais em conta! Muita gente, acha que morango dá o ano inteiro; que banana se acha em qualquer esquina; ou até mesmo quer comer taioba quando dá na telha. Nós da Feira Fresca incentivamos que o consumo seja feito no tempo da natureza, com a colheita na época certa. São tantos os benefícios! Por isso, preparamos esse post para você ficar por dentro do que está na estação nesse mês de abril.

Confira a lista de hortifruti sazonal de abril: frutas, legumes e verduras que estão na época:

Verduras e legumes:

  • Abóbora japonesa
  • Abóbora paulista
  • Abóbora seca
  • Abobrinha brasileira
  • Acelga
  • Alecrim
  • Alface lisa, crespa, americana
  • Batata
  • Batata doce amarela
  • Berinjela japonesa
  • Cará
  • Cenoura
  • Chicória
  • Chuchu
  • Coco seco
  • Couve flor
  • Endro (dill)
  • Escarola
  • Gengibre
  • Jiló redondo
  • Louro
  • Mandioca
  • Nabo
  • Pepino caipira
  • Pepino comum
  • Pepino japonês
  • Pimenta Cambuci
  • Pimenta vermelha
  • Pimentão vermelho, verde, amarelo
  • Pinhão
  • Repolho verde e roxo
  • Rúcula
  • Salsa
  • Tomate

Frutas:

  • Abacate geada
  • Abacaxi pérola
  • Banana maçã
  • Caju
  • Carambola
  • Figo
  • Goiaba
  • Laranja pera
  • Lichia
  • Limão Tahiti
  • Maçã Gala
  • Maçã Golden
  • Mamão Formosa
  • Manga Haden
  • Manga Palmer
  • Manga Tommy Atkins
  • Maracujá azedo
  • Maracujá doce
  • Melancia
  • Pera
  • Pinha/ Fruta do Conde
  • Pitaia
  • Seriguela
  • Uva Brasil
  • Uva rubi

Invista em orgânicos sempre que puder. São melhores para você, seus amados, o meio ambiente e o produtor. Se comprar hortifrutis comuns, lave-os muito bem, e deixe-os de molho por 5-10 minutos em água com algumas gotas de esterilizador ou água sanitária. É muito importante para retirar resíduos químicos, ao menos uma parte grande. O cozimento também ajuda a neutralizar possíveis substâncias tóxicas.”

Fonte: Orgulho Xepa

Comida Fresca em Março!

Você já reparou que a cada edição homenageamos uma fruta, verdura ou legume da estação? Aquilo que tá na época vem ser capa do nosso evento para deixar você morrendo de vontade de comer algo cheio de vitamina, com menos agrotóxicos, super saboroso e ainda com o preço mais em conta! Muita gente, acha que morango dá o ano inteiro; que banana se acha em qualquer esquina; ou até mesmo quer comer taioba quando dá na telha. Nós da Feira Fresca incentivamos que o consumo seja feito no tempo da natureza, com a colheita na época certa. São tantos os benefícios! Por isso, preparamos esse post para você ficar por dentro do que está na estação nesse mês de março.

Confira a lista de hortifruti sazonal de março: frutas, legumes e verduras que estão na época:

Verduras e legumes:

  • Abóbora d’água
  • Abóbora japonesa/ cabotiá
  • Abóbora seca
  • Abobrinha brasileira
  • Acelga
  • Alecrim
  • Alface em geral
  • Almeirão
  • Amendoim
  • Batata
  • Batata doce amarela
  • Berinjela
  • Berinjela japonesa
  • Beterraba
  • Catalonha
  • Cebola
  • Cenoura
  • Chicória
  • Chuchu
  • Escarola
  • Espinafre
  • Gengibre
  • Jiló redondo
  • Louro
  • Moranga
  • Mostarda
  • Nabo
  • Orégano
  • Pepino caipira
  • Pepino comum
  • Pepino japonês
  • Pimenta Cambuci
  • Pimenta vermelha
  • Pimentão vermelho e amarelo
  • Quiabo
  • Repolho verde
  • Rúcula
  • Salsa
  • Sálvia

Frutas:

  • Abacate Fortuna/Quintal
  • Banana maçã, prata e nanica
  • Banana-da terra
  • Caqui
  • Carambola
  • Coco seco
  • Figo
  • Fruta-do-conde
  • Goiaba
  • Jaca
  • Kiwi
  • Laranja pera
  • Limão Tahiti
  • Maçã Gala
  • Maçã Golden
  • Mamão Formosa
  • Manga Palmer
  • Tamarindo
  • Tangerina cravo
  • Uva Brasil
  • Uva rubi

Invista em orgânicos sempre que puder. São melhores para você, seus amados, o meio ambiente e o produtor. Se comprar hortifrutis comuns, lave-os muito bem, e deixe-os de molho por 5-10 minutos em água com algumas gotas de esterilizador ou água sanitária. É muito importante para retirar resíduos químicos, ao menos uma parte grande. O cozimento também ajuda a neutralizar possíveis substâncias tóxicas.”

Fonte: Orgulho Xepa

Comida Fresca em Fevereiro!

Você já reparou que a cada edição homenageamos uma fruta, verdura ou legume da estação? Aquilo que tá na época vem ser capa do nosso evento para deixar você morrendo de vontade de comer algo cheio de vitamina, com menos agrotóxicos, super saboroso e ainda com o preço mais em conta! Muita gente, acha que morango dá o ano inteiro; que banana se acha em qualquer esquina; ou até mesmo quer comer taioba quando dá na telha. Já nós da Feira Fresca incentivamos que o consumo seja feito no tempo da natureza, com a colheita na época certa. São tantos os benefícios! Por isso, preparamos esse post para você ficar por dentro do que está na estação nesse mês de fevereiro.

Confira a lista de hortifruti sazonal de Fevereiro: frutas, legumes e verduras que estão na época:

Verduras e legumes:

  • Abóbora d’água
  • Abóbora seca
  • Abobrinha brasileira
  • Alecrim
  • Alface americana
  • Alface crespa
  • Alface lisa
  • Alface romana
  • Batata
  • Berinjela japonesa
  • Berinjela comum
  • Beterraba
  • Cebola
  • Cenoura
  • Chicória
  • Endro/ dill
  • Gengibre com folhas
  • Jiló redondo
  • Pepino
  • Pepino caipira
  • Pepino japonês
  • Pimenta Cambuci
  • Pimenta verde americana
  • Pimenta vermelha
  • Pimentão vermelho
  • Quiabo
  • Salsão
  • Tomate

Frutas:

  • Abacate geada
  • Abacaxi pérola
  • Banana maçã
  • Caju
  • Carambola
  • Figo
  • Goiaba
  • Laranja pera
  • Lichia
  • Limão Tahiti
  • Maçã Gala
  • Maçã Golden
  • Mamão Formosa
  • Manga Haden
  • Manga Palmer
  • Manga Tommy Atkins
  • Maracujá azedo
  • Maracujá doce
  • Melancia
  • Pera
  • Pinha/ Fruta do Conde
  • Pitaia
  • Seriguela
  • Uva Brasil
  • Uva rubi

Invista em orgânicos sempre que puder. São melhores para você, seus amados, o meio ambiente e o produtor. Se comprar hortifrutis comuns, lave-os muito bem, e deixe-os de molho por 5-10 minutos em água com algumas gotas de esterilizador ou água sanitária. É muito importante para retirar resíduos químicos, ao menos uma parte grande. O cozimento também ajuda a neutralizar possíveis substâncias tóxicas.”

Fonte: Orgulho Xepa

Segunda sem carne: Polenta mole com pesto de taioba

A segunda sem carne é um movimento mundial que propõe que repensemos o consumo de alimentos de origem animal. Os argumentos são muitos e para quem não abre mão da sua porção de cada dia, vale a pena a reflexão:

O consumo de carne gera um grande impacto no meio ambiente: compactação do solo, contaminação da água, poluição do ar, aumento do efeito estufa, isso só pra começar.

O consumo de carne também aumenta o risco de doenças cardíacas, câncer e infarto e não queremos que isso aconteça, não é mesmo?

Grandes empresas não respeitam a qualidade de vida dos animais, por isso ao consumir carne, se não for adquirida de um pequeno produtor local que tenha um processo de confiança, você está contribuindo para que estas práticas abusivas continuem acontecendo.

Por essas e tantas outras razões, queremos propor uma pausa na segunda para experimentar novos sabores. Para incentivar a causa, apresentamos a cozinheira de veganidades Mariana Marzano  e uma receita criada por ela, rápida, fácil e deliciosa pra deixar qualquer bife no chinelo!

Com a palavra, Mariana Marzano:

img_20161207_184747

Eu Mariana, sou apaixonada por cozinha, adoro criar novas receitas. Cozinhar era meu hobby e acabou que virou minha profissão. Sou vegetariana a muitos anos e quando resolvi iniciar a transição para o veganismo percebi que não encontrava muitas preparações gostosas e principalmente saudáveis. Doces então, nem se fala! A partir daí comecei a me dedicar mais a cozinha, a fazer experiências culinárias, adaptando e testando receitas e ingredientes.

Nesse processo de busca surgiu a vontade de estender isso a mais pessoas, até então, a Verde Mary era ainda apenas o sonho de poder trabalhar com o que sempre amei fazer. Com a paixão, veio a oportunidade: após um período em que estive doente por stress na atividade que eu exercia, tive que deixar de tudo de lado para cuidar de mim e da minha saúde. Recuperada, resolvi fazer o que sempre quis, cozinhar!

Com a Verde Mary, passei também a cuidar melhor da minha alimentação e a vender minhas comidinhas saudáveis e veganas, transmitindo para as pessoas meu amor em forma de comida. Hoje faço as preparações buscando sempre ingredientes de qualidade, saudáveis, fazendo tudo com muito carinho e muito trabalho. Aprendi muito nesse processo, cresci como pessoa e profissional, digo que eu e a Verde Mary somos uma metamorfose ambulante, em constante mudança e transformação, buscando sempre o melhor!

Preparei essa receita pensando em pessoas que se preocupam ou querem reduzir o consumo de carne – sendo veganas, vegetarianas, ou não. O preparo dela é super simples, ótima para quem não quer gastar muito tempo na cozinha em plena segundona e ainda assim não abre mão de se alimentar de uma forma melhor.

Polenta mole com pesto de taioba

por Mariana Marzano / Verde Mary

Untitled design.png

Ingredientes*:

*Os ingredientes podem ser encontrados na Feira Fresca com os produtores que indico abaixo. Na falta dos orgânicos e dos frescos, abuse dos similares. O importante é colocar a mão na massa!

4 colheres de sopa de farinha de milho da Empório Vovó Alba
550 ml de água
Caldo de legumes caseiro ou algum com baixo teor de sódio
Pesto de taioba à gosto da Sabores da Ci

Modo de preparo:

Em uma panela mais alta coloque 400ml de água para ferver com o caldo de legumes.

Enquanto isso, um pequeno bowl misture a farinha de milho com 150ml de água e mexa bem até incorporar, reserve.

Quando a água da panela estiver fervendo, acrescente a mistura de farinha de milho com água e mexa com um fouet por cerca de 5 minutos, a mistura vai engrossar, se achar necessário acrescente um pouco mais de água.

Quando estiver um pouco firme, como um mingau grosso, desligue o fogo.

Para a montagem, em um prato, coloque um aro (opicional) e acrescente a polenta mole, retire o aro e por cima coloque o pesto de taioba à gosto.

Bom apetite!

Segunda sem carne: Macarrão de arroz com tofu e molho de tamarindo

A segunda sem carne é um movimento mundial que propõe que repensemos o consumo de alimentos de origem animal. Os argumentos são muitos e para quem não abre mão da sua porção de cada dia, vale a pena a reflexão:

O consumo de carne gera um grande impacto no meio ambiente: compactação do solo, contaminação da água, poluição do ar, aumento do efeito estufa, isso só pra começar.

O consumo de carne também aumenta o risco de doenças cardíacas, câncer e infarto e não queremos que isso aconteça, não é mesmo?

Grandes empresas não respeitam a qualidade de vida dos animais, por isso ao consumir carne, se não for adquirida de um pequeno produtor local que tenha um processo de confiança, você está contribuindo para que estas práticas abusivas continuem acontecendo.

Por essas e tantas outras razões, queremos propor uma pausa na segunda para experimentar novos sabores. Para incentivar a causa, apresentamos a cozinheira de veganidades Mariana Marzano  e uma receita criada por ela, rápida, fácil e deliciosa pra deixar qualquer bife no chinelo!

Com a palavra, Mariana Marzano:

img_20161207_184747

Eu Mariana, sou apaixonada por cozinha, adoro criar novas receitas. Cozinhar era meu hobby e acabou que virou minha profissão. Sou vegetariana a muitos anos e quando resolvi iniciar a transição para o veganismo percebi que não encontrava muitas preparações gostosas e principalmente saudáveis. Doces então, nem se fala! A partir daí comecei a me dedicar mais a cozinha, a fazer experiências culinárias, adaptando e testando receitas e ingredientes.

Nesse processo de busca surgiu a vontade de estender isso a mais pessoas, até então, a Verde Mary era ainda apenas o sonho de poder trabalhar com o que sempre amei fazer. Com a paixão, veio a oportunidade: após um período em que estive doente por stress na atividade que eu exercia, tive que deixar de tudo de lado para cuidar de mim e da minha saúde. Recuperada, resolvi fazer o que sempre quis, cozinhar!

Com a Verde Mary, passei também a cuidar melhor da minha alimentação e a vender minhas comidinhas saudáveis e veganas, transmitindo para as pessoas meu amor em forma de comida. Hoje faço as preparações buscando sempre ingredientes de qualidade, saudáveis, fazendo tudo com muito carinho e muito trabalho. Aprendi muito nesse processo, cresci como pessoa e profissional, digo que eu e a Verde Mary somos uma metamorfose ambulante, em constante mudança e transformação, buscando sempre o melhor!

Preparei essa receita pensando em pessoas que se preocupam ou querem reduzir o consumo de carne – sendo veganas, vegetarianas, ou não. O preparo dela é super simples, ótima para quem não quer gastar muito tempo na cozinha em plena segundona e ainda assim não abre mão de se alimentar de uma forma melhor.

Macarrão de arroz com tofu e molho de tamarindo

por Mariana Marzano / Verde Mary

Expositores 18%2F03.png

Ingredientes*:

*Os ingredientes podem ser encontrados na Feira Fresca com os produtores que indico abaixo. Na falta dos orgânicos e dos frescos, abuse dos similares. O importante é colocar a mão na massa!

200 g de macarrão de arroz
300g de tofu firme picado em quadradinhos
1 vidro de molho de tamarindo da Simplesmente Saudável
1 cebola média picada
2 dentes de alho picado
1 rodela de gengibre picado
óleo de gergelim
sal rosa e pimenta do reino à gosto
cebolinha picada
amendoim torrado
gergelim preto e branco

Modo de preparo:

Em uma panela refogue a cebola, o gengibre e o alho no óleo de gergelim e deixe dourar

Acrescente o tofu, o sal e a pimenta e mexa delicadamente para ele grelhar.

Depois que o tofu tiver dourado um pouco, acrescente o molho de tamarindo e deixe reduzir, depois reserve.

Em um bowl, coloque o macarrão de arroz e despeje água quente, aguarde poucos minutos até ele amolecer, escorra a água e misture ao refogado de tofu.

Finalize o prato com cebolinha, amendoim e o gergelim.

Bom apetite!

Segunda sem carne: Almôndega de berinjela com molho de tomate

A segunda sem carne é um movimento mundial que propõe que repensemos o consumo de alimentos de origem animal. Os argumentos são muitos e para quem não abre mão da sua porção de cada dia, vale a pena a reflexão:

O consumo de carne gera um grande impacto no meio ambiente: compactação do solo, contaminação da água, poluição do ar, aumento do efeito estufa, isso só pra começar.

O consumo de carne também aumenta o risco de doenças cardíacas, câncer e infarto e não queremos que isso aconteça, não é mesmo?

Grandes empresas não respeitam a qualidade de vida dos animais, por isso ao consumir carne, se não for adquirida de um pequeno produtor local que tenha um processo de confiança, você está contribuindo para que estas práticas abusivas continuem acontecendo.

Por essas e tantas outras razões, queremos propor uma pausa na segunda para experimentar novos sabores. Para incentivar a causa, apresentamos a cozinheira de veganidades Mariana Marzano  e uma receita criada por ela, rápida, fácil e deliciosa pra deixar qualquer bife no chinelo!

Com a palavra, Mariana Marzano:

img_20161207_184747

Eu Mariana, sou apaixonada por cozinha, adoro criar novas receitas. Cozinhar era meu hobby e acabou que virou minha profissão. Sou vegetariana a muitos anos e quando resolvi iniciar a transição para o veganismo percebi que não encontrava muitas preparações gostosas e principalmente saudáveis. Doces então, nem se fala! A partir daí comecei a me dedicar mais a cozinha, a fazer experiências culinárias, adaptando e testando receitas e ingredientes.

Nesse processo de busca surgiu a vontade de estender isso a mais pessoas, até então, a Verde Mary era ainda apenas o sonho de poder trabalhar com o que sempre amei fazer. Com a paixão, veio a oportunidade: após um período em que estive doente por stress na atividade que eu exercia, tive que deixar de tudo de lado para cuidar de mim e da minha saúde. Recuperada, resolvi fazer o que sempre quis, cozinhar!

Com a Verde Mary, passei também a cuidar melhor da minha alimentação e a vender minhas comidinhas saudáveis e veganas, transmitindo para as pessoas meu amor em forma de comida. Hoje faço as preparações buscando sempre ingredientes de qualidade, saudáveis, fazendo tudo com muito carinho e muito trabalho. Aprendi muito nesse processo, cresci como pessoa e profissional, digo que eu e a Verde Mary somos uma metamorfose ambulante, em constante mudança e transformação, buscando sempre o melhor!

Preparei essa receita pensando em pessoas que se preocupam ou querem reduzir o consumo de carne – sendo veganas, vegetarianas, ou não. O preparo dela é super simples, ótima para quem não quer gastar muito tempo na cozinha em plena segundona e ainda assim não abre mão de se alimentar de uma forma melhor.

 

Almôndega de berinjela com molho de tomate

por Mariana Marzano / Verde Mary

Untitled design (2).png

Ingredientes*:

*Os ingredientes podem ser encontrados na Feira Fresca com os produtores que indico abaixo. Na falta dos orgânicos e dos frescos, abuse dos similares. O importante é colocar a mão na massa!

Almôndegas

2 berinjelas médias da Vista Alegre
1 cebola pequena
1/2 xícara de farinha de mandioca
1 xícara de farinha de arroz
Cebolinha à gosto
3 colheres de sopa de azeitona verde picada
Sal e pimenta do reino à gosto

Molho

1 lata de tomate pelati
1/2 xícara de água
Manjericão a gosto
1 colher de café de tempero de ervas da Simplesmente Saudável
Pimenta do reino à gosto

Modo de preparo:

Almôndegas

Cozinhe as berinjelas, fiz elas no vapor e processe com a cebola, a cebolinha, a farinha de mandioca e os temperos.

Depois em uma vasilha adicione a berinjela processada e acrescente a azeitona e a farinha de arroz aos poucos, misturar bem para incorporar a farinha.

Faça bolinhas com a massa de berinjela com as mãos úmidas e grelhe em uma frigideira untada com azeite, virando com cuidado para grelhar toda a almôndega sem perder muito o formato, depois reserve.

Molho

Bata no liquidificador todos os ingredientes do molho

Aqueça em uma panela até que reduza um pouco.

Serva as almôndegas com o molho por cima!

Bom apetite!

Segunda sem carne: Homus de abobrinha e grão de bico

A segunda sem carne é um movimento mundial que propõe que repensemos o consumo de alimentos de origem animal. Os argumentos são muitos e para quem não abre mão da sua porção de cada dia, vale a pena a reflexão:

O consumo de carne gera um grande impacto no meio ambiente: compactação do solo, contaminação da água, poluição do ar, aumento do efeito estufa, isso só pra começar.

O consumo de carne também aumenta o risco de doenças cardíacas, câncer e infarto e não queremos que isso aconteça, não é mesmo?

Grandes empresas não respeitam a qualidade de vida dos animais, por isso ao consumir carne, se não for adquirida de um pequeno produtor local que tenha um processo de confiança, você está contribuindo para que estas práticas abusivas continuem acontecendo.

Por essas e tantas outras razões, queremos propor uma pausa na segunda para experimentar novos sabores. Para incentivar a causa, apresentamos a cozinheira de veganidades Mariana Marzano  e uma receita criada por ela, rápida, fácil e deliciosa pra deixar qualquer bife no chinelo!

Com a palavra, Mariana Marzano:

img_20161207_184747

Eu Mariana, sou apaixonada por cozinha, adoro criar novas receitas. Cozinhar era meu hobby e acabou que virou minha profissão. Sou vegetariana a muitos anos e quando resolvi iniciar a transição para o veganismo percebi que não encontrava muitas preparações gostosas e principalmente saudáveis. Doces então, nem se fala! A partir daí comecei a me dedicar mais a cozinha, a fazer experiências culinárias, adaptando e testando receitas e ingredientes.

Nesse processo de busca surgiu a vontade de estender isso a mais pessoas, até então, a Verde Mary era ainda apenas o sonho de poder trabalhar com o que sempre amei fazer. Com a paixão, veio a oportunidade: após um período em que estive doente por stress na atividade que eu exercia, tive que deixar de tudo de lado para cuidar de mim e da minha saúde. Recuperada, resolvi fazer o que sempre quis, cozinhar!

Com a Verde Mary, passei também a cuidar melhor da minha alimentação e a vender minhas comidinhas saudáveis e veganas, transmitindo para as pessoas meu amor em forma de comida. Hoje faço as preparações buscando sempre ingredientes de qualidade, saudáveis, fazendo tudo com muito carinho e muito trabalho. Aprendi muito nesse processo, cresci como pessoa e profissional, digo que eu e a Verde Mary somos uma metamorfose ambulante, em constante mudança e transformação, buscando sempre o melhor!

Preparei essa receita pensando em pessoas que se preocupam ou querem reduzir o consumo de carne – sendo veganas, vegetarianas, ou não. O preparo dela é super simples, ótima para quem não quer gastar muito tempo na cozinha em plena segundona e ainda assim não abre mão de se alimentar de uma forma melhor.

Homus de abobrinha e grão de bico

por Mariana Marzano / Verde Mary

Untitled design (20).png

Ingredientes:

1 abobrinha média assada
1 xícara de grão de bico cozido
1/4 de xícara de semente de girassol
1 dente de alho grande ou 2 pequenos
2 colheres de sopa de tahine (pasta de gergelim)
Suco de 1/2 limão
2 colheres de sopa de azeite
1 colher se chá de sal rosa
Semente de coentro e cominho a gosto

Modo de preparo:

Em um processador acrescente todos os ingredientes e bata até ficar homogêneo.

Finalize com azeite e páprica doce defumada.

Sirva com pão ou legumes se sua preferência.

Bom apetite!

Segunda sem Carne: Batata assada com pesto de espinafre e espaguete de cenoura

A segunda sem carne é um movimento mundial que propõe que repensemos o consumo de alimentos de origem animal. Os argumentos são muitos e para quem não abre mão da sua porção de cada dia, vale a pena a reflexão:

O consumo de carne gera um grande impacto no meio ambiente: compactação do solo, contaminação da água, poluição do ar, aumento do efeito estufa, isso só pra começar.

O consumo de carne também aumenta o risco de doenças cardíacas, câncer e infarto e não queremos que isso aconteça, não é mesmo?

Grandes empresas não respeitam a qualidade de vida dos animais, por isso ao consumir carne, se não for adquirida de um pequeno produtor local que tenha um processo de confiança, você está contribuindo para que estas práticas abusivas continuem acontecendo.

Por essas e tantas outras razões, queremos propor uma pausa na segunda para experimentar novos sabores. Para incentivar a causa, apresentamos a cozinheira de veganidades Mariana Marzano  e uma receita criada por ela, rápida, fácil e deliciosa pra deixar qualquer bife no chinelo!

Com a palavra, Mariana Marzano:

img_20161207_184747

Eu Mariana, sou apaixonada por cozinha, adoro criar novas receitas. Cozinhar era meu hobby e acabou que virou minha profissão. Sou vegetariana a muitos anos e quando resolvi iniciar a transição para o veganismo percebi que não encontrava muitas preparações gostosas e principalmente saudáveis. Doces então, nem se fala! A partir daí comecei a me dedicar mais a cozinha, a fazer experiências culinárias, adaptando e testando receitas e ingredientes.

Nesse processo de busca surgiu a vontade de estender isso a mais pessoas, até então, a Verde Mary era ainda apenas o sonho de poder trabalhar com o que sempre amei fazer. Com a paixão, veio a oportunidade: após um período em que estive doente por stress na atividade que eu exercia, tive que deixar de tudo de lado para cuidar de mim e da minha saúde. Recuperada, resolvi fazer o que sempre quis, cozinhar!

Com a Verde Mary, passei também a cuidar melhor da minha alimentação e a vender minhas comidinhas saudáveis e veganas, transmitindo para as pessoas meu amor em forma de comida. Hoje faço as preparações buscando sempre ingredientes de qualidade, saudáveis, fazendo tudo com muito carinho e muito trabalho. Aprendi muito nesse processo, cresci como pessoa e profissional, digo que eu e a Verde Mary somos uma metamorfose ambulante, em constante mudança e transformação, buscando sempre o melhor!

Preparei essa receita pensando em pessoas que se preocupam ou querem reduzir o consumo de carne – sendo veganas, vegetarianas, ou não. O preparo dela é super simples, ótima para quem não quer gastar muito tempo na cozinha em plena segundona e ainda assim não abre mão de se alimentar de uma forma melhor.

 

Batata assada com pesto de espinafre e espaguete de cenoura

por Mariana Marzano / Verde Mary

Untitled design (8).png

Ingredientes:

Os ingredientes podem ser encontrados na Feira Fresca com os produtores que indico abaixo. Na falta dos orgânicos e dos frescos, abuse dos similares. O importante é colocar a mão na massa!

500g de batata bolinha
1 vidro de pesto vegano de espinafre da Sabores da Ci
2 cenouras
200g de shitake
1 colher de sopa de shoyu
3 colheres de sopa de requisoy
Azeite
Sal rosa e pimenta do reino à gosto

Modo de preparo:

Cozinhe as batatas por 30 minutos, fiz no vapor com casca

Asse por 20 minutos, pode ser feito também apenas com a batata cozida

Quando ela estiver morna, misture o pesto de espinafre a gosto e reserve

Higienize as cenouras, preserve a casca e utilize um utensílio de fazer espaguete de legumes ou corte as cenouras em fatias finas e longas, reserve.

Em uma panela refogue o shitake com o shoyu, a pimenta e se necessário acrescente sal, assim que ele amolecer, adicione as cenouras, refogue mais um pouco e adicione o requeisoy, se estiver muito grosso, acrescente um pouquinho de água, misture bem, ajuste os temperos e desligue o fogo.

Sirva as batatas com o espaguete de cenoura.

Bom apetite!